quinta-feira, 26 de julho de 2012

Avivamento entre os povos tribais do Rajastão


Avivamento entre os povos tribais do Rajastão
Uma grande parte da população da Índia ainda vive em tribos, e uma das mais numerosas está testemunhando um avivamento cristão. Centenas de homens, mulheres e crianças do Rajastão que seguiam o hinduísmo se consideram seguidores de Cristo.
O Rajastão é o maior Estado da Índia, sua capital é Jaipur e as línguas oficiais são o hindi e o rajastani.
Dinesh Shur falou ao site CBN News sobre por que os povos tribais estão aceitando Jesus Cristo. Durante 10 anos o pastor Dinesh, serviu a Deus em uma grande cidade. Mas ele diz que Deus mostrou que ele precisava voltar para sua aldeia, suas raízes e seu povo para compartilhar as boas novas.
“Eu era como Jonas na Bíblia”, disse Shur. “Eu não quero viver na minha aldeia. Eu queria servir a Deus na cidade, onde as coisas são mais fáceis. Eu queria alcançar outros com o evangelho, mas não o meu próprio povo. Porém, quando você faz a obra de Deus e começar a ver os frutos do seu trabalho, é impressionante. Você vê as vidas transformadas, vê a felicidade eterna no rosto das pessoas”, disse ele.
“A transformação foi quase imediata”, afirma Shur. “As famílias pararam de orar a seus antepassados, pararam de beber e com suas práticas de feitiçaria. Toda a sua vida mudou quando eles aceitaram Jesus.”
Dinesh é um membro da etnia Bhil, uma das maiores tribos dos estados centrais da Índia. “Os Bhil são principalmente agricultores. São muito pobres e ainda fazem o mesmo que seus antepassados faziam séculos atrás”.
O pastor lembra que missionários estrangeiros têm ministrado nesta área há mais de 135 anos, mas nunca tiveram os resultados que ele testemunha no momento. Embora ainda sejam minoria, há relatos de que cerca de 300.000 pessoas da região se tornaram cristãos nos últimos 10 anos, a maioria deles é da etnia Bhil.
“Temos 42 reunião de oração nas casas espalhadas por 22 aldeias. Temos também 32 obreiros de nossa igreja que vão de aldeia em aldeia compartilhar o evangelho. No próximo ano meu objetivo é enviar missionários para os estados vizinhos e visitar todas as aldeias Bhil”, acrescenta.
Jeevani Karadi é uma líder de igreja em uma parte remota do Rajastão. Aos 65 anos, quando não está na estrada, está ajudando o pastor Dinesh a liderar um grupo caseiro. No dia que a CBN News esteve lá, ela reuniu dezenas de fiéis sob uma árvore.
“Nosso grupo está ficando tão grande que não tenho espaço suficiente em minha casa para atender a todas essas pessoas”, disse ela. Ela começa a reunião dando o testemunho de sua vida. Cerca de seis anos atrás, vagava pelas ruas da vila, comportando-se como uma mulher louca, por vezes até nua.
Então que ela teve um encontro com Jesus. Hoje, ela é uma das líderes da igreja local. “Os moradores zombavam de mim. Eles gritavam coisas desagradáveis enquanto eu caminhava pelas ruas”, lembra Karadi. “As pessoas diziam que eu estava amaldiçoada. Então conheci o pastor Dinesh, e ele orou por mim. Fiquei curada na hora. Jesus me libertou”, ela continuou.
Sua cura levou muitos a crerem em Cristo e ajudou a iniciar o primeiro grupo de oração nas casas. O pastor disse que esses testemunhos são apenas um lembrete de como é importante obedecer e confiar em Deus. “Hoje eu estou vivendo os frutos da decisão obedecer e voltar para minha aldeia. É fácil? Não. Enfrentamos desafios? Sim”, disse ele. “Mas temos Cristo para nos apoiar. Ele é tudo que precisamos para ver a mudança entre esse povo”.
Fonte :Gospel Prime.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...