quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Aumenta o número de casamentos Informais


Diversos fatores contribuem para que o relacionamento entre um homem e uma mulher fique cada vez mais difícil, e a união consensual tem se tornado a medida mais apropriada para muitos casais.
Os altos valores do buffet, a quantidade de convidados, aluguel de roupas, lua de mel. Todos esses itens importantes para um casamento formal acabam pesando no bolso dos nubentes, e boa parte deles afirma que prefere investir em outras coisas.
De acordo com o Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE ), o perfil da família brasileira vem mudando. O número de casais que vivem em uma união consensual teve grande aumento em uma década, enquanto o percentual dos que são casados formalmente teve queda significativa.
A proporção das pessoas que vivem em união consensual subiu de 28,6% em 2000 para 36,4% em 2010. Já o número de casados no civil e no religioso caiu de 49,4% para 42,9% nesse período. Praticamente não houve mudança na proporção dos que têm apenas casamento civil, que passou de 17,5% em 2000 para 17,2% em 2010. Os casados apenas no religioso caíram de 4,4% para 3,4%.
Entres os que se disseram sem religião, 59,9% abriram mão da certidão de casamento. Entre os que se declaram católicos e evangélicos, a maioria optou pelo casamento civil e religioso:

37,5% e 26,5%, respectivamente.
O que diz a Palavra
Antes de realizar o sonho de se casar, homem e mulher devem colocar em primeiro lugar o temor à Palavra de Deus. O matrimônio é um dos legados mais importantes deixados por Ele, e o que a Bíblia diz deve ser observado com atenção por todos que desejam ter um casamento feliz, uma união abençoada por Deus.
"Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornado-se os dois uma só carne." Gênesis 2:24
"De modo que já não são mais dois, porém uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem." Mateus 19:6

Fonte: Arca Universal


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...