quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Como e Quando devo participa da SANTA CEIA ?



Ceia do Senhor é a maior e mais importante festa cristã .Embora semelhante, não é igual á Páscoa da Velha Aliança de Deus com Moisés. Aquela aboliu esta .Páscoa quer dizer (passagem do Egito para Terra Prometida) e é comemorada com cordeiro assado e ervas margas, símbolos da Redenção e dos tempos amargos no Egito.
Já o aposto Paulo ensina: “Porque Cristo, a nossa Páscoa ,foi sacrificado por nós” (1Co 7.5). Jesus é o próprio cordeio de Deus , que tira o pecado do Mundo “(Jo 1.29)”. Ele é á nossa passagem (da existência temporal para a VIDA ETERNA),que inaugurou o Novo Testamento , ou a Dispensação da Graça.
Ceia é memorial (“em memória do Senhor Jesus”), pois nela memorizamos a obra expiatória de Cristo, seu triunfo pela ressurreição , ascensão e glorificação , com vistas à sua Volta – motivos de muita alegria !

AO PÉ DA LETRA
O comei e bebei dele todos” não quer dizer que tem que ser a mesma peça de pão ou o mesmo cálice , mas que todos (os membros do Corpo) devem Dele participar. Também o esperai uns pelos outros não dizem respeito a comerem de uma só vez, todos em um único momento, mas à participação de todos no referido Memorial, contra a prática em Corinto de ricos, que chegavam antes e comiam antes dos pobres e camponeses. ”O que deveria ser uma ocasião para edificação mútua tornou-se uma ocasião destrutiva para a unidade da Igreja. Paulo foi informado sobre as divisões (schisma) que havia entre as pessoas quando se reuniam como uma Igreja” (Comentário  Bíblico Pentecostal). Os ricos embora minoria, guarneciam a ceia e, portanto, tomavam “antecipadamente a sua própria ceia”,1Co 11.21, e deixavam pouco para os pobres . Por isso Paulo exorta os Coríntios por causa da desqualificação evidente, e diz: “vos ajunteis, não para melhor, senão para pior” (1Co 11.17).

FALTA DE PERDÃO PRODUZ A FRAQUESA E DOENÇA
Quando recebemos Jesus  todos nossos pecados são perdoados (1Co5.17è Hb 10.14-18) Os pecados cometidos a parti daí são tratados de acordo com sua gravidade .Se necessário com disciplina, conforme vemos em Hebreus 12.1-11. E não devem ser protelados a ponto de criar “raiz de amargura” (Hb12.14-15). O apostolo João aconselha o crente a confessar os seus pecados ao Senhor, pois Ele é o nosso Advogado junto ao Pai (1Jo.1.8-10;2.1-2). A ordem é a seguinte: primeiro o arrependimento e , em seguida , a busca do perdão. Quando o crente percebe que algo está errado ou que deve buscar o perdão? Quando sua consciência o acusa. Então é hora de pedir perdão, antes da Ceia acontecer ou dela participar. O pecado cria obstáculos à comunhão. Já o perdão abre as portas, mas nem sempre é fácil praticá-lo quanto pedi-lo. Quanto ao julgamento é, acima de tudo e, primeiramente, pessoal (“Examine-se o homem a si mesmo” , 1Co 11.28). Isso deve ocorrer sempre após o exame por si mesmo.. E após o exame pessoal o membro deve participar da Ceia. Mesmo com pendências não deve abster-se, pois o texto prossegue: “... e assim coma deste pão , e beba deste cálice”. Contudo, é necessário buscar o perdão, acertar a situação, e só então participar e não ficar de fora da comunhão e, consequentemente, do corpo de Cristo – a Igreja. A questão da indignamente (“o que come e bebe indignamente”, 1Co 11. 29) ,diz respeito à participação indiferente e irreverente, sem qualquer intenção de abandonar os pecados conhecidos ( BEP). Após seguir todos esses preceitos seremos alvos da dignidade de Cristo, sob o prisma da Graça (favor imerecido), pois , na verdade a dignidade é de Cristo e opera em nós pela Graça. Não percamos nossa comunhão por nada!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...